terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

De quem é o Poder mesmo?

Quando você se perde de si mesmo, as coisas ficam confusas. Você perde as referências de si, de sua história, de quem você é, do que foi, o que será. Em algum momento, por algum motivo que você desconhece, você se perde do rumo, do prumo.  E às vezes nem chega a perceber. Às vezes, quando percebe, o estrago já foi tamanho, que você nem acredita que é real.

Mas, por Deus, pela graça e misericórdia de Deus, pela fé e santidade que reside lá dentro de você, pelo lado são que resiste e insiste em aflorar, pelo Amor de Deus, pelo amor de mãe, pelo amor do amor, pelo amor dos filhos, do pai, dos amigos... Pelo Amor-Que-Se-Recusa-A-Abandonar... Você se vê, se encontra, se acha...

Perdida, desorientada, aturdida... Mas acorda.


E aquilo tudo que parecia um turbilhão, nada mais é que a tempestade que você deixou fazerem dentro de você. E percebe que o poder sobre você, é você quem dá a quem não deve. E é só você que pode tirar o cetro da mão de quem não merece, quem só padece e pensa que maltratar dá poder. Mas poder, Poder, poder mesmo, só quem tem sobre mim sou eu, é Deus, é o Amor.

E assim, dia a dia, quando você percebe, recresceu mais um pouquinho.

Que delícia... Que saudade de escrever...

2 comentários:

Priscilla disse...

Muito lindooooooooo. Escreva sempre amiga. Te Amo. Bjs

Deize disse...

Será que tem alguém por ai?
Muito bom seu Blog, pena que um pouco abandonado, encontrei ele pesquisando sobre chá 30 ervas e acabei lendo muito mais que isso.
Bjus.